Osteopata Pedro Marinheiro

Início » Osteopatia » Osteopatia Sacro Craniana

Osteopatia Sacro Craniana

A Osteopatia Sacro Craniana foi desenvolvida pelo médico e osteopata americano Dr. John Upledger, após um estudo científico intensivo entre 1975 e 1983, enquanto professor de biomecânica e investigador clínico na Universidade Estatal de Michigan nos Estados Unidos da America.

A Osteopatia Sacro Craniana é uma terapia manual, muito suave, que tem como objectivo avaliar e melhorar a função fisiológica do sistema sacro craniano, um sistema fisiológico do qual fazem parte as membranas cranianas e o liquido céfalo raquidiano que envolve e protege o cérebro e a espinal medula. Este sistema mantém uma relação entre o sacro e o cranio através do tubo dural e está exposto a tensões anormais que podem causar alterações em várias partes do corpo.

Usando um toque muito leve, de uma maneira geral não superior a 5 gramas, o terapeuta sacro craniano pode libertar certas restrições no sistema sacro craniano e dissipar os efeitos negativos do stress sobre o sistema nervoso central, facilitando o processo de recuperação do próprio sistema de auto-regulação, permitindo assim que este faça as suas próprias correcções quando e onde estas sejam necessárias, sem decerto modo contrariar o processo fisiológico normal.

A Osteopatia Sacro Craniana está indicada em qualquer faixa etária e raramente tem contra indicações. Em doentes de idades mais avançadas esta terapia pode melhorar a mobilidade funcional e proporcionar mais energia.

A Osteopatia Sacro Craniana é cada vez mais usada como terapia preventiva por ser benéfica no apoio e reforço às resistências naturais contra as doenças e é eficaz numa grande variedade de problemas médicos associados à dor e à disfunção, incluindo:

– Enxaquecas,
– Dores de cabeça,
– Dores musculares crónicas da coluna vertebral,
– Dificuldades respiratórias,
– Dificuldades de coordenação motora,
– Cólicas
– Autismo
– Disfunções do sistema nervoso central
– Problemas músculo esqueléticos
– Problemas generalizados nas crianças
– Dificuldades na aprendizagem
– Fadiga crónica, dificuldades emocionais
– Problemas relacionados com stress
– Problemas do tecido conjuntivo
– Fibromialgia
– Disfunções temporo-mandibulares
– Disfunções neurovasculares e do sistema imunitário, etc.

Um aspecto importante da terapia sacro craniana é o facto de esta poder ser conjugada com outras terapias ou usada individualmente, tendo sempre como objectivo o bem estar do doente. Cada vez mais chegamos à conclusão de que nenhuma terapia é perfeita, em muitos casos umas funcionam melhor do que outras, e em alguns casos melhor do que noutros, portanto, quando se pode oferecer uma terapia integrada a recuperação do doente é sempre mais eficaz.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: