Osteopata Pedro Marinheiro

Início » Posts tagged 'Sacro'

Tag Archives: Sacro

Anúncios

Terapia Sacro Craniana, Gravidez e Bebés – Tratamentos no Porto

Como pais, desejamos tudo de bom para os nossos filhos.

Quando eles não estão bem, também nós já não estamos bem.Os problemas deles acabam por serem os nossos problemas.Isto cria-nos problemas de vária ordem, desde “dores de cabeça”, despesas, faltas ao trabalho e muitos transtornos.Muitas das vezes a resposta do médico é sempre a mesma, “não tem nada”, “isso vai passar” e outras do género.De facto assim é. No entanto muitas das vezes pode-se fazer algo para que isso aconteça menos vezes ou para que a recuperação seja mais rápida.

Se pensarmos um pouco, vemos que o nascimento é quase sempre um acontecimento traumático na vida do novo ser.Ele sai de um local onde já não tinha mais espaço para um espaço livre. A mudança é grande e tal como nós, também ele precisa de tempo para se ambientar ao novo mundo.O apressar o parto pode não ser a melhor solução pois o bebé precisa de tempo para se adaptar ao novo mundo ao qual está a chegar. Mais, ele precisa de vencer essa etapa por ele pois só assim ele aprende a lutar pela sua vida. O parto é um desafio que só ele pode vencer. Se lhe pouparmos esse trabalho ele nunca se vai sentir realizado.

Para além disto, temos que a passagem pelo canal uterino não é muito agradável uma vez que o bebé é bastante comprimido para poder passar por uma abertura tão pequena o que lhe poderá criar vários problemas.Muitas das vezes o uso dos fórceps, das ventosas ou o uso da “força” para ajudar ao nascimento acabam por agravar a situação ao invés de ajudarem. A intenção é boa mas….

Desta forma, o nascimento muitas das vezes pode acabar por ser um traumatismo muito marcante para o novo ser e muitas das vezes acaba por o acompanhar para o resto da vida.Muitos dos problemas dos bebés, das crianças e do adulto vêm de problemas do nascimento.Assim torna-se importante libertar o traumatismo do nascimento e todas as tensões criadas nessa altura se queremos que o bebé cresça saudável. A Terapia Sacro Craniana (ou Crânio Sacral) ajuda a libertar quer o traumatismo quer muitas das tensões surgidas durante e após o nascimento. Ela em conjunto com a Libertação Somato Emocional têm dado muito bons resultados onde outras técnicas não o conseguiram. É importante que todos os pais e em particular as mães estejam conscientes do facto de que trazer um ser ao mundo não é apenas um acto de amor mas também é uma responsabilidade que passam a ter de assumir.

Como só nos sentimos bem quando eles estão bem, a solução só pode ser uma: ajudá-los a sentirem-se bem.A Terapia Sacro Craniana (ou Crânio Sacral) pode e deve ser usada pela grávida para permitir que os seus tecidos se possam expandir mais facilmente e para assim proporcionar mais espaço e melhor ambiente para o seu bebé. De salientar que todo o trabalho de parto será muito mais rápido e facilitado se tiver feito Terapia Sacro Craniana (ou Crânio Sacral) durante a gravidez.

O recomendável é que a mãe antes de engravidar faça a sua preparação quer com a Terapia Sacro Craniana (ou Crânio Sacral) quer com a Manipulação Visceral para que assim o seu corpo possa estar muito mais receptivo às grandes mudanças que irão ocorrer ao longo de toda a gravidez. Da mesma forma ela pode usar esta terapia ao longo da sua gravidez para que esta seja mais suave e benéfica para si e para o seu bebé.

Aqui no nosso Consultório no Porto, na Rua da Boavista nº 754 – 2º Esq, estamos perfeitamente habilitados, inclusive pelo Institute Upledger, para aplicarmos esta técnica.

Anúncios

Osteopatia Sacro Craniana

A Osteopatia Sacro Craniana foi desenvolvida pelo médico e osteopata americano Dr. John Upledger, após um estudo científico intensivo entre 1975 e 1983, enquanto professor de biomecânica e investigador clínico na Universidade Estatal de Michigan nos Estados Unidos da America.

A Osteopatia Sacro Craniana é uma terapia manual, muito suave, que tem como objectivo avaliar e melhorar a função fisiológica do sistema sacro craniano, um sistema fisiológico do qual fazem parte as membranas cranianas e o liquido céfalo raquidiano que envolve e protege o cérebro e a espinal medula. Este sistema mantém uma relação entre o sacro e o cranio através do tubo dural e está exposto a tensões anormais que podem causar alterações em várias partes do corpo.

Usando um toque muito leve, de uma maneira geral não superior a 5 gramas, o terapeuta sacro craniano pode libertar certas restrições no sistema sacro craniano e dissipar os efeitos negativos do stress sobre o sistema nervoso central, facilitando o processo de recuperação do próprio sistema de auto-regulação, permitindo assim que este faça as suas próprias correcções quando e onde estas sejam necessárias, sem decerto modo contrariar o processo fisiológico normal.

A Osteopatia Sacro Craniana está indicada em qualquer faixa etária e raramente tem contra indicações. Em doentes de idades mais avançadas esta terapia pode melhorar a mobilidade funcional e proporcionar mais energia.

A Osteopatia Sacro Craniana é cada vez mais usada como terapia preventiva por ser benéfica no apoio e reforço às resistências naturais contra as doenças e é eficaz numa grande variedade de problemas médicos associados à dor e à disfunção, incluindo:

– Enxaquecas,
– Dores de cabeça,
– Dores musculares crónicas da coluna vertebral,
– Dificuldades respiratórias,
– Dificuldades de coordenação motora,
– Cólicas
– Autismo
– Disfunções do sistema nervoso central
– Problemas músculo esqueléticos
– Problemas generalizados nas crianças
– Dificuldades na aprendizagem
– Fadiga crónica, dificuldades emocionais
– Problemas relacionados com stress
– Problemas do tecido conjuntivo
– Fibromialgia
– Disfunções temporo-mandibulares
– Disfunções neurovasculares e do sistema imunitário, etc.

Um aspecto importante da terapia sacro craniana é o facto de esta poder ser conjugada com outras terapias ou usada individualmente, tendo sempre como objectivo o bem estar do doente. Cada vez mais chegamos à conclusão de que nenhuma terapia é perfeita, em muitos casos umas funcionam melhor do que outras, e em alguns casos melhor do que noutros, portanto, quando se pode oferecer uma terapia integrada a recuperação do doente é sempre mais eficaz.